Rua Capuraque, 72 - Belo Horizonte - Floresta \ MG 31 3654-4895

Os 6 principais erros cometidos durante o planejamento de obra

Gostou? compartilhe!

Os 6 principais erros cometidos durante o planejamento de obra

O planejamento é a etapa inicial de qualquer obra, em que devem ser previstos todos os materiais e recursos humanos necessários para a execução da obra, assim como o orçamento e os prazos de entrega de cada etapa do projeto.

Devido a todos esses detalhes, o cliente que deseja construir um empreendimento deve contar a consultoria de profissionais especializados em planejamento de obra para ajudá-lo na tarefa. Veja a seguir 6 erros comuns cometidos durante o planejamento e como evitá-los:

1. Projeto feito por profissionais sem qualificação

O projeto vai além do desenho dos espaços e da localização dos elementos numa planta. A partir do projeto, pode ser definida a quantidade dos materiais, e os detalhes mostram como deve ser feita a execução do projeto.

Dessa forma, o projeto é fundamental para a elaboração do orçamento e do cronograma. Os profissionais qualificados para a realização dos projetos são os engenheiros civis e os arquitetos. Não tente economizar dispensando o trabalho desses profissionais, pois as perdas causadas pela falta de projeto ou por projetos mal feitos não vão compensar a economia.

2. Orçamento mal elaborado

O orçamento serve para prever todos os gastos necessários para a realização da obra. Se ele for mal elaborado, custos adicionais podem se acumular e a despesa com a obra vai ficar muito acima do valor para o qual você estava preparado.

Uma das formas de calcular o orçamento é por meio do CUB (custo unitário básico), que define o custo das construções por m², calculados pelos sindicatos da indústria da construção e publicados mensalmente.

Outra forma é fazer o orçamento é calculando o custo por etapa do projeto, elencando as despesas com o trabalho de fundação, instalações elétricas, assentamento de pisos etc.

3. Cronograma mal definido

O cronograma tem a finalidade de determinar o tempo necessário para concluir a obra. Para elaborar um cronograma bem definido, siga os seguintes passos:

I. Definição de atividades: pense, detalhadamente, em cada atividade necessária para a execução da obra. Quebre atividades abrangentes, como “instalações elétricas”, em tarefas específicas, como “instalação de disjuntores de distribuição”.

II. Sequenciamento das atividades: cada atividade deve ser colocada em sequência, lembrando sempre quando houver tarefas que só podem começar quando outras tiverem terminado.

III. Estimativa de duração das etapas: a primeira estimativa pode ser corrigida caso ela seja muito longa. Para isso, cada etapa deve ser reanalisada para ver onde os prazos podem ser encurtados.

IV. Montagem do cronograma: use um programa para elaboração de cronogramas para preenchê-lo com todas as informações acima e você terá um cronograma completo.

4. Compra de materiais inadequados

O cliente deve estar atento aos tipos de materiais empregados na construção. A economia com materiais pode acabar saindo caro se for necessário fazer reparos depois que a obra estiver pronta.

A ajuda de profissionais experientes ajudará a decidir onde se pode economizar ou não. Peça também orientação sobre como fazer a manutenção preventiva de alguns materiais, como a madeira, para evitar que eles estraguem e seja necessário realizar sua troca.

5. Contratação de mão de obra sem qualificação

Os profissionais contratados farão uma grande diferença na qualidade da obra e em seu tempo de execução. Uma das melhores formas de garantir que você terá bons profissionais para a realização de uma obra é contratando uma empreiteira. O próprio empreiteiro ficará responsável por contratar profissionais como pedreiros, encanadores e eletricistas.

6. Realização de obra sem licença

Se a obra tiver início sem um alvará que autorize a construção, o planejamento inicial pode ir por água abaixo devido à paralisação da obra e das multas aplicadas.

Mais uma vez, contar com um engenheiro ou arquiteto é essencial para essa etapa. Eles são os profissionais responsáveis por legalizar a obra frente aos órgãos responsáveis do governo.

O planejamento de obra evitará problemas em sua construção

Seguindo todas essas dicas, seu planejamento de obra será responsável por reduzir enormemente prejuízos e atrasos, dois grandes problemas comuns na realização de uma obra. Para ter mais dicas sobre a área da construção, siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram.




Gostou? compartilhe!

Whatsapp CONCEITO Whatsapp CONCEITO